domingo, 14 de agosto de 2016

Á ÁGUA - SEDE DE VIDA!!!!

Á ÁGUA É VIDA!!!!
Á ÁGUA É VIDA!

A SEDE DA ÁGUA

Água (fórmula: H2O) é uma substância química cujas moléculas são formadas por dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio.

É Abundante no Universo, inclusive na Terra, onde cobre grande parte de sua superfície e é o maior constituinte dos fluidos dos seres vivos.

As Temperaturas do Planeta permitem a ocorrência da água em seus três estados físicos principais.

A Água Líquida, Incolor, constitui os oceanos, rios e lagos que cobrem quase três quartos da superfície do planeta.

Nas Regiões Polares, concentram-se as massas de gelo e vapor e constitui parte da atmosfera terrestre.

Os Oceanos ocupam 71% da superfície do planeta e possuem espessura média de 3,7 quilômetros.
Embora sejam divididos em Oceanos Pacífico, Atlântico, Índico e Ártico, são comumente referidos como um único oceano global, já que estão todos conectados entre si. 
Os Oceanos são divididos em duas camadas principais de acordo com a profundidade.
A Camada Superficial, com apenas cem metros de espessura, é aquela onde a luz solar consegue penetrar exibindo, assim, um grande dinamismo.
As Águas Profundas, por outro lado, permanecem em constante frio e escuridão com temperatura praticamente uniforme.
Oceano Atlântico - Brasi1
Oceano Atlântico próximo a Salvador, no Brasil.
A Água do Mar tem como característica principal a quantidade considerável de Sais dissolvidos, especialmente Cloreto de Sódio, sendo que sua Salinidade é de cerca de 34 gramas de sais dissolvidos para cada quilograma de água.
Menos de 3% da água da Terra encontram-se fora das massas líquidas dos oceanos e, geralmente, possuem concentrações bem menores de sais minerais, sendo denominada como água doce.
A Maior parte da Água Doce do Planeta, entretanto, está contida em geleiras continentais e nas calotas polares, com destaque para a Groenlândia e Antártida, que contêm juntas mais de 99% de todo o volume de gelo do planeta.
Somente 0,65% da Água do Planeta encontra-se sobre os Continentes na forma de Rios, Lagos e Água Subterrânea.
Usualmente pequenos cursos d'água surgem em altitudes elevadas e fluem para regiões mais baixas, onde ganham volume ao se juntar com outros afluentes, formando, assim, um rio, que segue até, na maioria das vezes, desaguar no oceano.
Ao percorrer seu trajeto, a água leva consigo Sedimentos, Matéria Orgânica e Sais dissolvidos e os transporta até o Mar.
Lagos são grandes retenções de água que cobrem 1,8% da área dos Continentes e não necessariamente são formados por Água Doce
O Corpo Humano é constituído em média 60% a 75% em massa de água, cuja distribuição varia conforme o tecido.
Enquanto o tecido adiposo praticamente não contém água, os músculos esqueléticos são constituídos por 73% de água.
O Plasma Sanguíneo chega a ser constituído em mais de 90% de água.
O Suor, utilizado para manter a temperatura corporal constante em cerca de 37 °C, é uma das principais causas de perda de água do organismo que acontecem continuamente, mas em especial quando ocorre a prática de uma atividade física intensa.
ÁGUA-2
A Água é também o principal componente da urina, que carrega consigo os rejeitos gerados pelo metabolismo que precisam ser excretados.
No total, cerca de dois litros de água são perdidos diariamente do corpo de uma pessoa adulta.
Desta forma, a mesma quantidade deve ser reposta para evitar a desidratação, através do consumo de água tratada e alimentos ricos em água, como frutas e vegetais.
A sensação de necessidade de água chama-se Sede e é controlada pelo hipotálamo.
Dada a sua importância para o transporte de substâncias e para a manutenção da temperatura corporal, os efeitos da desidratação são logo percebidos e, no caso de nenhuma ingestão de água, o indivíduo morre em no máximo quatro dias.
Grandes civilizações desenvolveram-se ao longo de rios, como os Egípcios que habitavam as margens do rio Nilo, a Babilônia ao longo dos rios Tigre e Eufrates, dentre muitas outras, onde a água passava a ser utilizada também como meio de transporte, comércio e desenvolvimento.
Sistemas de irrigação foram igualmente importantes para a produção de alimentos, especialmente em regiões áridas como no Crescente Fértil.
Os Romanos fizeram avanços nas técnicas de distribuição de água ao construir centenas de quilômetros de aquedutos por toda a Europa.
A Água mantém a vida na Terra e também sustenta todo o estilo de vida da humanidade de forma indispensável, sendo usada para consumo e higiene, produção de alimentos, navegação e geração de energia, dentre muitos outros.
O Uso de Quantidades cada vez maiores de água e a falta de cuidado com os dejetos gerados trouxeram uma série de problemas que comprometem a qualidade e a durabilidade dos recursos hídricos.
Apesar de milênios de desenvolvimento do uso dos recursos hídricos, uma fração considerável da população mundial ainda não tem acesso à água de qualidade nem mesmo para consumo próprio.
A Crescente População e Demandas Econômicas Globais impõe a necessidade de se ampliar o consumo de água para a produção de alimentos e para a indústria.
ÁGUA-1
Os Resíduos destas atividades são, em sua maioria, liberados sem nenhuma forma de tratamento para o ambiente comprometendo não só a água, mas todo o ecossistema que dela depende.
O Ciclo Hidrológico Terrestre é o mais afetado pelas mudanças climáticas atualmente em progresso, o que têm impacto direto na disponibilidade de água doce em rios, lagos e geleiras.
A Mudança pode acarretar a diminuição do volume disponível para o consumo humano, irrigação de lavouras e até mesmo para a geração de energia hidroelétrica.
O Planeta possui uma quantidade absoluta de água que se mantém, mas a maior parte dela está sob a forma de água salgada ou em geleiras.
A Mínima Fração restante sobre os continentes é a única disponível para uso humano direto.
Situações de escassez são causadas pela distribuição desigual dos recursos hídricos sobre as terras emersas, que se mantém em um equilíbrio delicado e sujeito a sofrer tanto com fatores climáticos quanto com ações humanas.
A Água é tema de disputas políticas, pelo que deve existir uma legislação que permita o uso apropriado dos recursos hídricos. 
Legislação relacionada com a água não é algo recente, esteve presente desde as antigas Civilizações Chinesas, Egípcia e da Mesopotâmia.
Em Geral são efetuados Acordos Internacionais para garantir que todas as nações servidas por um mesmo rio, por exemplo, possam usufruir de seus recursos sem prejudicar os vizinhos.
A Organização das Nações Unidas busca em diversos encontros discutir uma política para o gerenciamento da água, mas nenhuma legislação global dos recursos hídricos existe atualmente.
Grupos e reuniões internacionais, como o Fórum Mundial da Água, a Associação Mundial para a Água e o Conselho Mundial da Água discutem os temas relacionados ao gerenciamento da água global, mas somente oferecem apoio aos diversos sistemas de governo, ao invés de criar uma legislação específica.
A Água passa a ser vista também como um importante recurso econômico, pelo que o Setor Privado também passa a influenciar as decisões políticas.
CICLOS DA ÁGUA-1
Existe ainda a tendência de que a Implementação de Políticas seja feita através de regulação própria, usando códigos de conduta, participação voluntária e descentralização.
O Consumo de Água no mundo durante o último século aumentou mais que seis vezes, enquanto que a população mundial cresceu quatro vezes, sendo as principais causas a industrialização e a mudança no estilo de vida humano.
Mais de 750 milhões de pessoas em todo o mundo (em 2012) ainda consomem água sem nenhum tipo de tratamento.
Nas Últimas Décadas tem havido uma redução significativa na porcentagem da população nessas condições, especialmente nos países em desenvolvimento.
Nas Regiões Mais Pobres, em especial na África Subsaariana, houve pouco progresso, e mais de 325 milhões de pessoas ainda consomem água sem nenhum tratamento, sobretudo na zona rural.
Mais de 2,5 bilhões de pessoas em todo o globo ainda não possuem condições adequadas de saneamento básico, e o avanço para a redução deste número tem sido lenta, sobretudo na África Subsaariana e no Sul da Ásia.
Os Sistemas de Tratamento de Água removem os microorganismos e substâncias perigosas utilizando principalmente cloro para desinfecção, tornando-a potável.
Nos últimos anos houve ainda o crescimento do consumo de água engarrafada que, a princípio, possui graus ainda mais elevados de pureza.
Águas Minerais são aquelas que contém diluídas, consideráveis quantidades de “Sais Minerais / Sódio”, que em geral dizem que são benéficos a saúde, sendo prejudicial e fator gerador para as pessoas que tem tendências em gerar pedras nos rins ou cálculos renais.(N/A.)


ÁGUA DE TORNEIRA MAIS LIMPA - SEM QUIMICA DO PLÁSTICO!
COMPOSIÇÃO QUÍMICA DE RECIPIENTES PLÁSTICOS -ÁGUA MINERAL - BISFENOL -A:
Os Ftalatos (existem vários tipos, os mais comuns são DHEP e DHP) são um grupo de compostos químicos derivados do Ácido Ftálico, tal como o Cloro Ftalato, utilizado como aditivo para deixar o plástico mais maleável.

TAL GRUPO DE COMPOSTOS É TIDO COMO CANCERÍGENO, podendo Causar Danos ao Fígado, Rins e Pulmão, além de Anormalidade no Sistema Reprodutivo.

Dentre os Ftalatos existentes, o DEHP (Ftalato de Di-2-Etilhexila) é um dos mais difíceis de serem Biodegradados.

NO BRASIL, AINDA NÃO EXISTEM LEIS QUE REGULAMENTEM O LANÇAMENTO DOS FTALATOS NO MEIO AMBIENTE.

Nos EUA ainda não há uma legislação de restrição ao uso de ftalatos, e a COMUNIDADE EUROPÉIA, como medida preventiva, determinou a retirada desse componente.

Pesquisa realizada em Humanos associa FTALATOS E BISFENOL a problemas na Tiróide, e podem “afeminar” o sexo masculino.
Os resultados são coerentes com outras pesquisas que associaram o BISFENOL e os Ftalatos a problemas sérios de saúde como a Redução da quantidade do Esperma, Atrofia Testicular, Câncer de Fígado, Rins, Pulmões, Mama, Próstata, Sistemas Hormonais e Reprodutivos, Obesidade, Diabetes e Infertilidade; particularmente durante seu desenvolvimento.

Exposição à Compostos presente em Plásticos pode dobrar risco de diabetes entre mulheres, levar crianças a obesidade infantil e entupimento das artérias causando danos ao coração.

Os Ftalatos, assim como o BISFENOL A (BPA) e outros compostos químicos, são considerados um desregulador endócrino, pois limita a ação de certos hormônios naturais do organismo e pode provocar uma série de complicações.

Os Ftalatos, que deixam os objetos mais maleáveis; no Brasil é autorizada para a fabricação de embalagens de plástico, latas de alimentos, bebidas e conservas; inclusive naquelas que costumam entrar em contato com alimentos, matérias-primas para alimentos, ÁGUAS MINERAIS e de mesa, assim como as embalagens e equipamentos de uso doméstico e produtos de cuidados pessoais como shampoo, condicionadores, cremes, esmaltes e sabonetes, equipamentos médicos e até revestimento de pisos e paredes; elaborados ou revestidos com material plástico”, segundo a Resolução nº 105 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), de 19 de maio de 1999.

Os Ftalatos também existem em certos tipos de dispositivos médicos e medicamentos usados para tratar DIABÉTICOS, o que explica o maior nível de ftalatos em diabéticos.

ESSAS CONCLUSÕES FAZEM PARTE DE UM ESTUDO DESENVOLVIDO NO HOSPITAL BRIGHAM AND WOMEN, QUE É LIGADO À UNIVERSIDADE DE HARVARD, NOS ESTADOS UNIDOS.

A Dureza da Água refere-se à quantidade de minerais diluídas, sendo que a água dura apresenta maior teor de substâncias minerais dissolvidas. 
Água Destilada, por outro lado, obtida pelo processo de destilação, apresenta os maiores graus de pureza.
Água Contaminada traz diversos riscos à saúde de quem a consome.
Muitas Doenças são causadas pelo consumo de água imprópria, geralmente contendo microorganismos danosos.
Sem Água Potável-Só DOENÇAS-1
A Diarreia, causada por diversos fatores como o Rotavírus”, é a principal causa de morte, sendo responsável por mais de 1,7 milhões de mortes em todo o mundo anualmente, sendo a maior parte das vítimas crianças entre 0 e 5 anos. 
Doenças Parasitárias como Esquistossomose e Oncocercose também são comuns em regiões tropicais, onde utilizam a água como meio de propagação.
Doenças como Malária e Dengue, que são transmitidas por mosquitos vetores cuja reprodução depende da água, são também grandes problemas de saúde pública da atualidade.
Estima-se que cerca de quatro em cada cinco das doenças e mortes estejam diretamente relacionadas ao uso de água contaminada nos países em desenvolvimento.
Outra fonte importante de poluição são os rejeitos industriais liberados diretamente no ambiente, desde compostos químicos até poluição térmica.

Estes Rejeitos contém uma grande quantidade de substâncias químicas que são altamente prejudiciais ao ambiente.
O fluxo de Esgoto Doméstico das Zonas Urbanas libera no ambiente uma grande quantidade de produtos químicos e matéria orgânica, desequilibrando fortemente o ecossistema causando, dentre outros problemas, a Eutrofização.
FALTA DE TRATAMENTO DE ESGOTO NAS PERIFERIAS - CONTAMINAÇÃO - DOENÇAS E MORTES-1
Os Resíduos Domésticos, a Água Cinza é aquela com baixa quantidade de resíduos, que pode ser facilmente tratada para retornar a um estado de potabilidade.
A Água Negra, proveniente de Sanitários, por outro lado, possui maior teor de matéria orgânica e precisam passar por mais etapas de tratamento.
A Descarga de Água proveniente de lavouras carrega consigo considerável quantidade de sais minerais, sedimentos e pesticidas.
A Erosão contribui para diminuição da qualidade da água, dada a grande quantidade de partículas em suspensão que são introduzidas no meio.
Os Poluentes são classificados de acordo com sua natureza em três classes: Poluentes Físicos, Químicos e Biológicos:
 - Os Poluentes Físicos causam a mudança de temperatura, da cor e da turbidez da água.
- Os Poluentes Químicos incluem compostos inorgânicos, desde íons comuns até metais tóxicos, e orgânicos, como detergentes e óleos.
 - A Poluição Biológica, em que a introdução de bactérias, vírus e parasitas, bem como algas e plantas aquáticas causa danos consideráveis ao equilíbrio do ambiente prejudicando, sobretudo, as espécies nativas.
FALTA DA ÁGUA - DOENÇAS E MORTES-4


Acesse o Link e Assista:








AS ÁGUAS DA VIDA!!!

AS ÁGUAS DA VIDA!-1


Utilize a Água da Chuva para: lavar calçadas, lavar o automóvel, para descarga no banheiro e economize sua água encanada da rede de abastecimento.

Importante utilizar um Filtro ou Purificador de Água a base de carvão ativado, dolomia e cristais de quartzo, mais saudável e eficiente.

Beber Água da Torneira, é saudável, mas importante é testar sua qualidade, e perceber qual o excesso ou não de Coliformes Fecais.

O uso pelo Sistema Natural de Tratamento de Água (SNTA),de Flúor, Cloro, só são saudáveis se adicionados a água em pequenas proporções, visto que a maioria das Bactérias insurgidas na água encanada, são provenientes de vazamentos da linha de esgoto nas redes de abastecimentos.

BI NACIONAL ITAIPÚ




A SINFONIA DAS ÁGUAS - PRESERVE A VIDA E A SUA SAÚDE E A SUA FAMÍLIA