quinta-feira, 1 de setembro de 2016

" H.A.A.R.P."

“HAARP”

High Frequency Active Auroral Research Program

HAARP - 0

HAARP
Coordenadas62° 23' 30" N, 145° 09' W
Conjunto de Antenas do HAARP-1
Conjunto de Antenas do HAARP.
O Projeto High Frequency Active Auroral Research Program (HAARP) - (Programa de Investigação de Aurora Ativa de Alta Frequência) é uma investigação financiada pela Força Aérea dos Estados Unidos, a Marinha e a Universidade do Alasca com o propósito oficial de "Entender, Simular e Controlar os Processos Ionosféricos que poderiam mudar o Funcionamento das Comunicações e Sistemas de Vigilância".

Iniciou-se em 1993 para uma série de experimentos durante vinte anos.
É similar a Numerosos Aquecedores Ionosféricos existentes em todo mundo, e tem um grande número de instrumentos de diagnóstico com o objetivo de aperfeiçoar o conhecimento científico da dinâmica ionosférica.
Existem especulações de que o projeto HAARP seria uma Arma dos Estados Unidos, capaz de Controlar o Clima provocando Inundações e outras Catástrofes.
Em 1999, o Parlamento Europeu emitiu uma resolução onde afirmava que o Projeto HAARP manipulava o Meio Ambiente com Fins Militares, pleiteando uma avaliação do projeto por parte da Science and Technology Options Assessment (STOA), o órgão da União Europeia responsável por estudo e avaliação de novas tecnologias. 
Em 2002, o Parlamento Russo apresentou ao Presidente Vladimir Putin um relatório assinado por 90 deputados dos comitês de Relações Internacionais e de Defesa, onde alega que o Projeto HAARP é uma nova "Arma Geofísica", capaz de Manipular a Baixa Atmosfera Terrestre, afirmavam veementemente que os Estados Unidos estariam produzindo um Novo Aparelho, capaz de Interferir em Todo o Planeta, a partir de pontos isolados.
Presidente Vladimir Putin-1
Presidente Russo - Vladimir Putin
O Relatório dizia que o HAARP seria uma nova transição na indústria bélica, que já passou pelas fases de Armas Brancas, Armas de Fogo, Armas Nucleares, Armas Biológicas e chegaria então ao patamar de Armas Geofísicas.
Segundo estas Teorias, seria possível controlar Placas Tectônicas, Temperatura Atmosférica e até mesmo o Nível de Radiação que passa pela Camada de Ozônio.
Todas estas possibilidades podem gerar uma série de problemas para as populações atingidas.
ATINGINDO PAÍSES INTEIROS, DESASTRES NATURAIS PODEM MINAR ECONOMIAS, DIZIMAR CONCENTRAÇÕES POPULACIONAIS E GERAR INSTABILIDADE E INSEGURANÇA EM TODA A TERRA.

ENCERRAMENTO
Em 2014 foi anunciado pela Força Aérea Americana que o projeto seria encerrado.
O Projeto foi Criado pelo Senador Americano Ted Stevens quando ele exercia grande controle sobre o orçamento de defesa dos Estados Unidos.
Durante uma Audiência no Senado americano em 2014, o Vice-Secretário Assistente da Força Aérea para a Ciência, Tecnologia e Engenharia, disse que esta "Não é uma área que temos necessidade no futuro," e não seria uma boa utilização dos fundos da Força Aérea manter HAARP.
"Estamos nos movendo para outras formas de influenciar a ionosfera, que foi o que HAARP foi realmente foi concebido para fazer", disse ele.
"Para injetar energia na ionosfera para ser capaz de realmente controla-la".
Mas tal trabalho foi concluído.
Comentários deste tipo são responsáveis pelo aparecimento de Teorias Conspiratorias sobre o Projeto, que será encerrado em meados de 2015.
O ENCLAVE

Vista aérea do HAARP - 4
Vista aérea do HAARP.

O lugar onde se situa HAARP fica próximo de Gakona, Alasca (lat. 62°23'36" N, long 145°08'03" W), a oeste do Parque Nacional Wrangell-San Elias.
Depois de realizar um relatório sobre o impacto ambiental, permitiu-se estabelecer ali uma rede de 360 antenas.
O HAARP foi construído no mesmo lugar onde se encontravam algumas instalações de radares, as quais abrigam agora o centro do controle do HAARP, uma cozinha e vários escritórios.
Outras estruturas menores abrigam diversos instrumentos.
O Principal Componente de HAARP é o Instrumento de Investigação Ionosférica (IRI), um Aquecedor Ionosférico.
Trata-se de um Sistema Transmissor de Alta Frequência (HF) utilizado para modificar temporariamente a ionosfera.
O Estudo destes dados contribui com informações importantes para entender os processos naturais que se produzem nela.
Durante o Processo de Investigação Ionosférica, o Sinal Gerado pelo Transmissor é Enviado ao Campo de Antenas, as quais o Transmite para o Céu.
A uma Altitude entre 100 e 350 km, o Sinal dissipa-se parcialmente, concentrando-se numa massa a centenas de metros de altura e várias dezenas de quilômetros de diâmetro sobre o lugar.
A Intensidade do Sinal de Alta Frequência na Ionosfera é de menos de 3 µW/cm2, dezenas de milhares de vezes menor que a radiação eletromagnética natural que chega à Terra procedente do Sol, e centenas de vezes menor que as alterações aleatórias da energia ultravioleta (UV) que mantém a ionosfera.
Os Efeitos Produzidos pelo HAARP podem ser observados com os instrumentos científicos das instalações mencionadas, e a informação que se obtém é útil para entender a dinâmica do plasma e os processos de interação entre a Terra e o Sol.
A ESTRUTURA
O Sítio do Projeto fica ao norte de Gakona, Alaska, a oeste do Wrangell-Saint Elias National Park.
Um estudo do impacto ambiental deu permissão para a instalação de mais de 180 antenas.
O HAARP foi construído onde ficava o OVER-THE-HORIZON RADAR (OTH).
Uma grande estrutura, construída para abrigar o OTH agora é a “Casa do HAARP”, sala de controle, cozinha e escritórios.


O Sítio do HAARP foi Construído em Três diferentes etapas:

1.   O PROTÓTIPO DE DESENVOLVIMENTO tinha 18 antenas, organizadas em três colunas por seis linhas.
Era alimentado por 360 kilowatts (kW).
Este protótipo transmitia energia o suficiente para os testes ionosféricos mais básicos.
2.   O PROTÓTIPO DE DESENVOLVIMENTO COMPLETO tinha 48 antenas, organizadas em seis colunas de oito linhas cada, com 960 kW de transmissão.
Era comparável a outras estações de calor ionosféricas.
Ela foi usada para diversos experimentos científicos e ionosféricos que lograram êxito ao longo dos anos.
3.   O INSTRUMENTO DE PESQUISA IONOSFÉRICA FINAL tinha 180 antenas, organizadas em quinze colunas por doze linhas cada, tendo como ganho teórico máximo de 31 dB.
Alimentado por uma transmissão de 3.6 MW, mas a energia era voltada para cima de maneira geométrica de forma a permitir que as antenas trabalhassem todas juntas controlando sua direção.
Em 2007 todas as antenas estavam instaladas, assim a fase final foi concluída e o conjunto de antenas estava em uma fase de testes de performance para cumprir as normas de segurança exigidas pelas agências reguladoras.
O Projeto começou a funcionar oficialmente com transmissão de 3.6 MW no verão de 2007, emitindo uma Energia de Radiação Efetiva de 5.1 Gigawatts ou 97.1 dBW de saída.
Entretanto, normalmente o complexo opera em uma fração daquele valor devido ao baixo ganho da antena em frequências de operação padrão.
Cada Antena consta de um dipolo cruzado que pode ser polarizado para efetuar transmissões e recepções em modo linear ordinário (modo Ou) ou em modo extraordinário (modo X).
A Cada Parte de cada um dos dipolos cruzados está alimentada individualmente por um transmissor integrado, desenhado especialmente para reduzir ao máximo a distorção.
A Potência efetiva irradiada pelo aquecedor está limitada por um fator maior de 10 à mínima frequência operativa.
Isto se deve às grandes perdas que produzem as antenas e um comportamento pouco efetivo.
O HAARP pode transmitir numa onda de freqüências entre 2,8 e 10 MHz.
Esta Intensidade está acima das emissões de Rádio AM abaixo das freqüências livres.
O HAARP tem permissões para transmitir unicamente em certas frequências.
Quando o Emissor está transmitindo, a largura de banda do sinal transmitido é de 100 kHz ou menos.
Pode transmitir de forma contínua ou em pulsos de 100 microssegundos.
A Transmissão Contínua é útil para a modificação ionosférica, enquanto a de pulsos serve para usar as instalações como um radar.
Os Cientistas podem fazer experimentos utilizando ambos métodos, modificando a ionosfera durante um tempo predeterminado e depois medindo a atenuação dos efeitos com as transmissões de pulsos.
CONTROVÉRSIAS
SUPOSTO POTENCIAL PARA USO COMO ARMA
O Projeto HAARP tem sido objeto de controvérsias desde meados da década de 1990, após alegações de que as antenas poderiam ser utilizadas como uma arma.
Em 2002, o Parlamento Russo apresentou formalmente uma menção crítica.
O Parlamento emitiu um comunicado de imprensa a respeito do HAARP escrito pelas Comissões de Relações Internacionais e de Defesa, assinado por 90 deputados e apresentado ao Presidente Vladimir Putin.

SEGUNDO O COMUNICADO:
Os Estados Unidos estão criando novas Armas Geofísicas que podem influenciar a Baixa Atmosfera Terrestre.
A Significação deste salto qualitativo pode ser comparada à transição de armas brancas para armas de fogo, ou de armas convencionais para armas nucleares.
Este Novo Tipo de Armas difere dos tipos anteriores à medida que a baixa atmosfera terrestre torna-se objeto direto de influência e um de seus componentes.
O Parlamento Europeu, em resolução de 28 de janeiro de 1999 versando sobre meio-ambiente, segurança e política externa, assinalava que o Projeto HAARP manipulava o meio-ambiente com fins militares e solicitava que o mesmo fosse objeto de avaliação por parte da Science and Technology Options Assessment (STOA) sobre as possíveis consequências de seu uso para o meio-ambiente regional, mundial e para a saúde pública em geral.
A mesma resolução do Parlamento Europeu pedia a organização de uma convenção internacional com vistas à proibição em escala global do desenvolvimento ou utilização de quaisquer armas que possam permitir a manipulação de seres-humanos.
BLOQUEIO MILITAR
Outra Teoria bastante defendida diz que os Estados Unidos poderiam causar um Completo Bloqueio Militar a todas as outras nações do mundo.
Causando Interferências nas Ondas Habituais, impedindo que qualquer frequência seja refletida pela atmosfera e até mesmo que dispositivos de localização possam ser utilizados.
Para isso, a Defesa Norte-Americana só precisaria aquecer a ionosfera com seus Aquecedores HAARP.
COM A POTENCIA CORRETA, TODO O PLANETA FICARIA EM UMA COMPLETA ESCURIDÃO GEOGRÁFICA.
ENTÃO, APENAS QUEM POSSUI O CONTROLE DO AQUECEDOR IONOSFÉRICO PODERIA TER ACESSO AOS DADOS DE LOCALIZAÇÃO E NAVEGAÇÃO DE SEUS VEÍCULOS MILITARES.
Ondas de Frequências - Monitoramentos - RADAR - 1
TAMBÉM SE FALA EM MAPEAMENTOS DE TODO O PLANETA EM POUCO MINUTOS, POIS AS ONDAS DE FREQUÊNCIAS EXTREMAS PODERIAM CRIAR RELATÓRIOS COMPLETOS DE TUDO O QUE EXISTE NA SUPERFÍCIE TERRESTRE.
ELEMENTOS VIVOS OU NÃO, TUDO PODERIA SER RASTREADO PELAS ONDAS DO HAARP.
PELO MENOS É O QUE DIZEM AS TEORIAS CONSPIRATÓRIAS.

ALEGAÇÕES DE USO E TEORIAS CONSPIRATÓRIAS
O HAARP é o protagonista de diversas teorias conspiratórias, nas quais são atribuídos motivos ocultos e capacidades ao projeto.
ALGUMAS DESTAS CAPACIDADES INCLUEM CONTROLE CLIMÁTICO E GEOLÓGICO, MAPEAMENTO DE IMAGENS SUBTERRÂNEAS E CONTROLE MENTAL.

CONTROLE MENTAL
Existem Ondas de Rádio em Diversas Frequências, por mais que não sintonizemos nossos rádios para captá-las, elas estão no ar.
O Som também é Emitido em Frequências e há Amplitudes delas que os ouvidos humanos não são capazes de captar, mas isso não quer dizer que elas não existam.
Utilizando uma Mescla de Ondas de Rádio com Frequência Sonora, os Estados Unidos poderiam Manipular a Mente Coletiva para que algum ideal fosse defendido ou algum governo rival fosse atacado.
Enviando as informações para toda a população em frequências que não poderiam ser captadas por aparelhos, não demoraria para que a “Lavagem Cerebral” estivesse concluída.
Ondas de Frequências - Controle de Instrumentos - Mental -1
Ondas de Frequências - Controle de Instrumentos - Mentais
Há quem diga que este tipo de manipulação será utilizado em breve no Irã.
O Governo Atual não é favorável às políticas norte-americanas, portanto seria vantajoso que o povo se rebelasse contra os seus líderes.
Mensagens anti-governo seriam incutidas na mente do povo iraniano com o auxílio das Antenas HAARP.

O Jornalista Sharon Weinberger chamou o Projeto HAARP de "A MOBY DICK DAS TEORIAS DA CONSPIRAÇÃO" e disse que a popularidade das teorias da conspiração muitas vezes ofusca os benefícios que o projeto HAARP pode trazer para a comunidade científica.
Em 2010, Setores da Imprensa Venezuelana afirmaram que o Terremoto de 2010 no Haiti poderia ter sido causado por Armas Produzidas pelo Projeto HAARP
O site "Venezuelanalysis" afirmou que Chavez nunca fez tais proposições, e que na verdade a proposta teria surgido em uma coluna de opinião do site da internet de uma emissora de televisão governamental.

AS CONSPIRAÇÕES

Há relatos de que o HAARP foi o responsável pelos Terremotos do Haiti (01/2010) e Chile (02/2010), onde a manipulação da frequência das placas tectônicas teria causado as catástrofes.

Segundo a Imprensa Venezuelana a resposta é: Terremoto.

O jornal “Vive” afirma que teve acesso a documentos que comprovam a utilização do HAARP para manipular a Geofísica Caribenha e ocasionar os Terremotos do Haiti, que causaram a morte de mais de 100 mil pessoas.

OS ESTADOS UNIDOS PRECISAVAM DE UM LOCAL PARA TESTAR O POTENCIAL DE SUA NOVA ARMA.

Os Testes Oceânicos não davam informações suficientes e atacar os inimigos no oriente médio seria suicídio comercial.
AFINAL DE CONTAS, TERREMOTOS PODERIAM DESTRUIR POÇOS DE PETRÓLEO MUITO VALIOSOS.
Assim, o Governo Norte-Americano viu no Haiti, um país já devastado, o perfeito alvo para seus testes.
Sem Potencial Econômico e sem possuir desavenças com outros países, dificilmente haveria uma crise diplomática com a destruição do Haiti.


Frequências HAARP  Influenciam o Planeta!

 Frequências HAARP  Influenciam o Planeta!

O Mesmo teria acontecido em outras ocorrências que culminariam com o Terremoto - Tsunami do Japão (03/2011) e a Erupção do Vulcão Puyehue em 06/2011.

Ainda há quem afirme que o HAARP, Desvia Tempestades para países inimigos dos EUA e também Provoca Secas Dizimadoras no intuito de fazer tais populações curvarem-se à vontade daquela nação.

Mas o mais alarmante aspecto do HAARP é, segundo teorias, a Manipulação Cerebral.

Nosso Cérebro funciona basicamente através de ondas e frequências que regulam nosso corpo e nosso pensamento, sendo que a mínima mudança em quaisquer delas pode afetar nosso julgamento.

Neste momento podemos estar sendo condicionados a apoiar os EUA em uma IIIGM intencionalmente gerada por eles ou algo do tipo.

TAL TESE NÃO É FICTÍCIA, POIS A UNIÃO SOVIÉTICA USAVA O PROGRAMA DUGA-3 NOS ANOS 1970 PARA TESTAR A POSSIBILIDADE DE CONTROLE MENTAL DAS MASSAS E TEVE SUCESSO AINDA QUE POUCO.

DUGA 3 - o Complexo de Antenas conhecido como-O Muro de Chernobyl-1

DUGA-3, o Complexo de Antenas conhecido como "O Muro de Chernobyl"

HAARP NO BRASIL

No Brasil, não estamos livres do HAARP.

ELE ESTÁ INSTALADO NO MARANHÃO, NO OBSERVATÓRIO ESPACIAL DE SÃO LUIZ, E É USADO TAMBÉM PARA 'PESQUISAR A IONOSFERA'.

Qualquer bom observador pode ver através das fotos que o complexo de antenas localizado no Brasil se assemelha muito as antenas dos complexos estadunidenses.

A Finalidade destas Antenas espalhadas pelo mundo é classificada como "SECRETA" pelos EUA, que somente revela o que já foi dito milhares de vezes: elas estudam a ionosfera.

 HAARP em São Luiz - Maranhão - Brasil - 2
HAARP em São Luiz - Maranhão

O que ocorre em outros lugares próximos ao HAARP também ocorre no Brasil.

Há Relatos de Perturbações nas Frequências Eletromagnéticas quando a máquina está ligada e muitos dizem que se pode até ouvir o HAARP.

Pesquisas feitas durante anos têm comprovado uma relação acurada de aumento de frequências nocivas e datas de uso do complexo.

No caso do Brasil, é comprovado pelo próprio INPE o lançamento de Raios Invisíveis contra a ionosfera no intuito, segundo eles, de melhorar a recepção de sinais UHF e VHF nas regiões equatoriais.

LOCALIZAÇÃO DE TODOS OS HAARP NO MUNDO - 1

LOCALIZAÇÃO DE TODOS OS HAARP NO MUNDO

Teorias da Conspiração afirma que a instalação do HAARP no Brasil está entre os possíveis causadores dos "Buracos para o Inferno" na Guatemala em 2007 e 2010.

Tais Buracos apareceram 'do nada' e tinham 100 metros de profundidade.

A Ocorrência desses Buracos foram posteriormente explicados como sendo causados por rios subterrâneos que corroeram o calcário das rochas e abriram as crateras.

O Brasil, que tem seu HAARP no Maranhão, poderia estar sendo atacado também ou mesmo causando perturbações em si mesmo.

IONOSFERA: ÍONS E MAIS ÍONS
Esta faixa recebe este nome porque é bastante ionizada, ou seja, perde e ganha elétrons com facilidade, o que a deixa em constante carregamento elétrico.
O Grande Agente Ionizador da Ionosfera é o Sol, que irradia muita carga na direção da Terra, mas meteoritos e raios cósmicos também influenciam bastante na presença dos íons.
A Densidade dos Íons Livres é Variável e apresenta alterações de acordo com vários padrões temporais, hora do dia e estação do ano são os principais pontos de variação da ionosfera.
Outro fenômeno interessante acontece a cada 11 anos, quando a Densidade dos Elétrons e a Composição da Ionosfera mudam drasticamente e acabam bloqueando qualquer comunicação em alta frequência.
HAARP - O ALCANCE na IONOSFERA - 2
REFLEXÃO IONOSFÉRICA
Há frequências de ondas que são, quase, completamente refletidas pela ionosfera quando aquecida pelas antenas HAARP.
Os Pesquisadores do HAARP pretendem provar que essa reflexão pode ser utilizada como um satélite para enviar informações entre localidades, facilitando as comunicações e também a navegação, melhorando os dispositivos GPS utilizados atualmente.
O Problema é que ainda não se conhecem as reais propriedades da reflexão ionosférica.
Além disso, há o fato de as propriedades da Ionosfera se modificarem durante a noite, por exemplo, quando a altitude dela aumenta e as densidades ficam mais baixas.
Essas Variações tornam difícil uma padronização para o envio de ondas, independente do comprimento delas.

HAARP: UM NOVO MODO DE ESTUDO
Há várias formas de estudo das faixas da atmosfera terrestre.
Para as Camadas mais Baixas, até mesmo balões podem ser utilizados para capturar dados sobre diferenças nas condições naturais.
A Camada de Ozônio, por exemplo, é verificada com Balões Meteorológicos que realizam Medições das Taxas de Radiação que ultrapassam pela atmosfera.
HAARP - 1
HAARP
Por ficar muito mais acima, Balões Meteorológicos e Satélites não podem ser utilizados para realizar medições e análises sobre a ionosfera.
Por isso o HAARP é tão importante, já que utiliza a maneira mais eficiente de contatar o setor: Antenas de Emissão de Ondas de Frequência Altíssima.
Os Resultados são utilizados para entender como o Sol influencia no Sinal de Rádio em diversas faixas de frequência.
Utiliza-se também um “Aquecedor Ionosférico”, conhecido como “Instrumento de Investigação Ionosférica”, ele transmite Frequências Altas para modificar a Ionosfera e entender os processos produzidos em sua composição.
HAARP - 2
HAARP
As Antenas do Instrumento de Investigação emitem Sinais para altitudes entre 100 e 350 Km.
Outros aparelhos do mesmo projeto são responsáveis pela recepção dos sinais, interpretando-os e permitindo a criação de relatórios sobre a dinâmica do plasma ionosférico e também sobre a interação entre o planeta e o sol.

EFEITOS HAARP - IONOSFERA AQUECIDA - AURORA ARTIFICIAL - HAARP - 3

EFEITOS HAARP - IONOSFERA AQUECIDA - AURORA ARTIFICIAL

AQUECENDO A IONOSFERA: RISCOS?
O HAARP não é o único aquecedor ionosférico do planeta.
HÁ TAMBÉM UM LOCALIZADO NA NORUEGA E OUTRO NA RÚSSIA.
Todos eles realizam o mesmo processo: utilizam Antenas de Alta Frequência para aquecer a ionosfera e criar uma aurora artificial.
AQUECEDOR DA IONOSFERA - HAARP - 4
AQUECEDOR DA IONOSFERA - HAARP
Essa Aurora Artificial é muito Aquecida, o que pode gerar Elevação nas Temperaturas em determinadas localidades do planeta.
Em uma Espécie de Efeito Estufa Ionosférico, locais abaixo da ionosfera atingida pelas antenas do HAARP podem ter suas temperaturas elevadas em alguns graus centígrados.

HAARP - LOCAIS NO MUNDO- 1

HAARP - Locais (Global Ionosférica)

SERÁ MESMO QUE AS INTENÇÕES DO GOVERNO AMERICANO SÃO BASEADAS NOS ESTUDOS DOS BENEFÍCIOS DA IONOSFERA?

PARA AS COMUNICAÇÕES?

OU ISSO É APENAS ÁLIBI PARA PESQUISAS SOBRE ARMAS GEOFÍSICAS?
HAARP - 3

HAARP

Infelizmente as super potências, visam aprimoramentos,em testes, nucleares, espaciais, militares, biológicos,  ondas,  frequências, etc..., com mêdo do que possa acontecer no presente e no futuro contra suas NAÇÕES.

Mas por outro lado existe os interesses em suprimentos, minerais, vegetais, químicos, petrolíferos, aquíferos, bélicos para exercerem domínios em países que não se adequam as questões políticas e financeiras impostas pelos mais fortes, leis de mercado, infiltração de pessoas no comando político desses países, empréstimos de dinheiro em troca de favores, venda de armas para grupos internos desestabilizarem o governo atuante em troca da participação num novo governo de aliança, enfim tudo é possível.

Por isso que ocorrem tantos atentados em vários países, devido a intromissão no dia a dia e na cultura, na crença, na raça, nas tradições e costumes de outros povos e depois fica aquela demagogia barata e falsa de condolências e sentimentos de pesar das pessoas inocentes que falecem por culpa e irresponsabilidades e brigas de poder pelas grandes potências em querer ter domínio sobre tudo e todos.

AS GUERRAS EXISTEM POR BRIGA DE PODER, IGNORÂNCA E BURRICE


Acesse os Links: